quinta-feira, 24 de março de 2011


Reciclagem de lâmpadas fluorescentes

Reciclagem de lâmpadas fluorescentesOnde descartar, quem recicla, como é o processo de reciclagem das lâmpadas fluorescentes e qual é o perigo de contaminação desse resíduo, se for jogado em aterros e lixões





As lâmpadas fluorescentes contêm pequenas quantidades do elemento mercúrio (Hg), substância altamente tóxica. No Brasil são consumidas cerca de 100 milhões de lâmpadas fluorescentes por ano. Desse total, 94% são descartadas em aterros sanitários, sem nenhum tipo de tratamento, contaminando o solo e a água com metal pesado.

Para minimizar o impacto ambiental, estudos desenvolveram um sistema que recupera os componentes presentes nas lâmpadas, reaproveitando mais de 98% da matéria-prima utilizada na fabricação.

Processo de reciclagem
Por meio de um sistema de vácuo associado a altas temperaturas, o equipamento separa o mercúrio, metal tóxico com alto risco de contaminação, de outros elementos, como cobre, pó fosfórico, vidro e alumínio, possibilitando a reciclagem desses materiais pela indústria.

Como as lâmpadas fluorescentes contaminam as águas subterrâneas?Lâmpadas fluorescentes são jogadas no lixo e se juntam a milhares de outras nos aterros sanitários. O Mercúrio que estava dentro da lâmpada é liberado no solo quando ela se quebra, este metal atinge então o lençol freático com a ajuda do chorume, o líquido liberado pela decomposição do lixo orgânico. Esse acontecimento prejudica o meio ambiente por contaminar rios, lavouras, animais, e por fim os homens. A intoxicação grave por mercúrio pode causar problemas respiratórios, neurológicos, gastrintestinais e até matar.

Na Alemanha e nos Estados Unidos é proibido jogar lâmpadas fluorescentes no lixo comum. Os equipamentos são coletados à parte e reciclados. Infelizmente no Brasil há pouquíssimas empresas que realizam a reciclagem dessas lâmpadas, e elas atendem principalmente indústrias.

Empresas que oferecem serviço de reciclagem de lâmpadas no Brasil

Em São Paulo 
Apliquim
(11) 3722-5478
www.apliquim.com.br

Rodrigues & Almeida Moagem de Vidros
(19) 9649-6867

Tramppo
(11) 3039-8382
www.tramppo.com.br

Naturalis Brasil
(11) 4496-6323 e 4591-3093
www.naturalisbrasil.com.br

Em Santa Catarina 
Brasil Recicle
(47) 3333-5055
www.brasilrecicle.com.br

No Paraná 
Bulbox
(41) 3357-0778
www.bulbox.com.br

Mega Reciclagem
(41) 3268-6030 e 3268-6031
www.megareciclagem.com.br

No Rio Grande do Sul 
Sílex
(51) 3421-3300 e 3484-5059
www.silex.com.br

Em Minas Gerais 
Recitec
(31) 3213-0898 e 3274-5614
www.recitecmg.com.br

HG Descontaminação
(31) 3581-8725
www.hgmg.com.br
25 / 06 / 2008

Fontes de referência para a matéria:
www.coletasolidaria.gov.br
www.brasilescola.com

Um comentário: